domingo, 21 de dezembro de 2014

Presépio


Natal 2014. Presépio construído pelo Prof. Manuel Cândido Sá à entrada da Escola Básica Integrada de Fragoso (Barcelos).


Presépio: do latim praesepium = manjedoura.
A origem do presépio é atribuída a S. Francisco de Assis quando, na noite de 24 para 25 de dezembro, comemorou o Natal em Greccio, Itália, em 1223. O nascimento de Jesus foi reproduzido com figuras em argila, um boi e um burro. Foi acompanhado de uma missa para, desta forma, explicar ao povo esta história bíblica. Terão sido os frades franciscanos a difundirem a representação do nascimento de Jesus. Este costume passou a estar presente nas igrejas, nos mosteiros e conventos. A partir do Renascimento, o presépio entra nos palácios de reis e nobres. No século XVIII, a tradição chegou às casas particulares.

domingo, 7 de dezembro de 2014

World of Discoveries

Dia 20 de janeiro para começar o segundo período com alegria!



Localização:


Calendário escolar ano letivo 2014-2015

Critérios de avaliação de História 9.º ano 2014-2015

Critérios de avaliação de História 8.º ano 2014-2015

Critérios de avaliação de História 7.º ano 2014-2015

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Trabalho infantil na Índia

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Portugueses nas trincheiras





sábado, 9 de agosto de 2014

I Grande Guerra - Um Herói de Fragoso


Um dos homens no bote que aparece neste filme é José Batista Martins, natural de Fragoso, Barcelos, marinheiro do Augusto de Castilho, o navio patrulha de alto mar da marinha portuguesa que mais ataques fez a submarinos alemães. No último encontro foi afundado após duas horas de combate titânico contra o poderoso U-Boot alemão U-139. Estas heróicas duas horas, que devem ter parecido uma eternidade àquela tripulação, permitiram que o vapor N/T São Miguel prosseguisse viagem para Ponta Delgada com os seus 206 passageiros a salvo. O bote, filmado por marinheiros alemães, transportou 35 homens até à ilha de Santa Maria numa terrível viagem de 48 horas.

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

I Guerra Mundial - 100 anos

A participação portuguesa na I Grande Guerra desde setembro de 1914, no Sul de Angola e Norte de Moçambique, passando pela declaração de guerra da Alemanha a Portugal em 9 de março de 1916 e o envio para a Flandres do Corpo Expedicionário Português no início de 1917, tudo muito documentado na página digital da Hemeroteca Municipal de Lisboa que conta, ainda, com vários recursos iconográficos disponibilizados no Flickr, tais como este postal retratando a Brigada do Minho na Batalha de La Lys de má memória.